Share |

“Alqueva é bom exemplo de investimento público de qualidade”

Pedro Filipe Soares apresentou, esta segunda-feira, um projeto de resolução para alargar rede de irrigação das águas da bacia do Alqueva, baixar custos de tarifários para agricultores, aumentar a sustentabilidade ambiental e diversificar as culturas agrícolas.

Pedro Filipe Soares, que falava aos jornalistas após uma visita à barragem, classificou o Alqueva “como um bom exemplo de investimento público de qualidade” por ser “criador de emprego, dinamizador da economia e potenciador do desenvolvimento regional”.

“Reforçámos a ideia que já tínhamos”, referiu o líder parlamentar bloquista, e, por isso, “o projeto de resolução do Bloco tem toda a atualidade e pertinência”.

O deputado afirmou ser “importante ampliar o projeto para fixar mais jovens, um dos problemas da região, criar mais empregos e diversificar as culturas agrícolas” e , com isso, “garantir a sustentabilidade ambiental”.

O projeto bloquista pretende alargar a rede de irrigação das águas da bacia do Alqueva, rever em baixa do tarifário da água gerida pela Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA) e promover a conversão energética das estações elevatórias e de outros processos da EDIA, a fim de baixar os custos e aumentar a sustentabilidade ambiental.

Os bloquistas recordam que “para o êxito do projeto do Alqueva é essencial que a sua bacia esteja ao serviço do maior número de agricultores e de área, rentabilizando o investimento realizado e garantindo que uma vasta área tenha acesso à água da bacia”.

O custo do tarifário completo da água é “demasiado elevado” para pequenos e médios agricultores, garante o Bloco,fazendo com que “alguns regressam ao sequeiro, ao passo que outros se vêm forçados a arrendar ou a vender a terra que passa a ser controlada por grandes empresas que operam no olival intensivo e superintensivo”. 

Com esta proposta pretendem “tornar o regadio compatível com a pequena produção e com a variedade de produtos cultivados e de defender a atividade agrícola” e “tornar mais barato o transporte da água”.

“Falta dar o passo seguinte, ainda há muito a fazer. É preciso que, na região, se comecem a transformar os produtos produzidos nas margens do Alqueva”, defendeu ainda Pedro Filipe Soares, que contou com a companhia dos deputados Pedro Soares e Carlos Matias e com os dirigentes nacionais Alberto Matos e Mariana Aiveca.

Na tarde desta segunda-feira, os deputados e as deputadas bloquistas fizeram várias visitas nos distritos de Évora, Beja e Portalegre: o Alqueva, o hospital de Elvas e as Minas de São Domingos, em Mértola, foram alguns dos locais por onde passou a comitiva do Grupo Parlamentar do Bloco.