See video

“Acreditamos que existe consenso na sociedade e até neste parlamento sobre as consequências devastadoras que a violência tem no bem-estar e desenvolvimento das crianças. Apresentamos esta iniciativa para que não mais haja vítimas esquecidas da violência doméstica”, afirmou a deputada.

See video

Notícias recentes indicam que os salários dos trabalhadores em lay-off poderão estar em risco por atrasos na Segurança Social. Sobre esta situação, a deputada Isabel Pires afirmou que “os trabalhadores não podem ficar sem salário porque o Governo não implementou devidamente as soluções que prometeu”, pedindo explicações ao Governo sobre este atraso e uma previsão para a resolução do problema.

See video

O deputado Jorge Costa apresentou a proposta de alteração do Bloco para permitir uma maior flexibilidade de endividamento para as autarquias que apliquem a tarifa social automática na água e saneamento, propondo que “parte da dívida que pudesse ser incluída nos acordos de pagamento pelos municípios fosse de 70% e não de 50%”.

See video

“Os trabalhadores não são inimigos na resposta à crise pandémica, são aliados fundamentais”, afirmou Pedro Filipe Soares na crítica à suspensão do direito à greve e do direito à resistência previsto durante o Estado de Emergência, acrescentando que “a realidade demonstra que se alguém apresentou um sentido de responsabilidade profundo foram os trabalhadores”.

See video

“A crise sanitária mostrou como a Saúde é um bem público. Mostrou como o direito à proteção da saúde é absolutamente central, como absolutamente central é também o Serviço Nacional de Saúde, filho da Revolução de 1974”, afirmou o deputado, lembrando que “é o nosso SNS – público, universal, geral e gratuito – que nos salva e protege. Não são os privados que fazem da saúde uma mercadoria, os que fecharam portas ou que viam na epidemia mais uma oportunidade de negócio”.

See video

Num debate em que António Costa se assumiu como apoiante da distribuição de dividendos aos acionistas das grandes empresas em tempo de pandemia, Catarina Martins insistiu em propostas para proibir despedimentos, diminuir prazos de acesso a subsídio de desemprego e garantir o RSI de emergência e apoios a gerentes de micro-empresas.

See video

Catarina Martins criticou a intenção de várias grandes empresas, como a GALP, EDP, a SONAE ou a Jerónimo Martins, de distribuir dividendos milionários aos seus acionistas e instou o Governo a usar o Estado de Emergência para impor "medidas de sensatez económica".

See video

Pedro Filipe Soares fez o balanço do Estado de Emergência, explicando o que correu bem mas também, o que faltou fazer. "O nosso povo mostrou estar à altura do desafio", afirmou o líder parlamentar do Bloco, acrescentando que "os profissionais da saúde garantiram que o vírus não levava a melhor sobre a nossa população e os profissionais dos serviços essenciais nunca faltaram às pessoas".

See video

Mariana Mortágua voltou a intervir sobre uma matéria que “mereceu pouca atenção por parte do PS, PSD e CDS” e que diz respeito à distribuição de lucros e dividendos milionários aos acionistas durante a crise que assola o país.

See video

Joana R. Mortágua afirmou que a decisão de suspender as aulas para tentar conter o contágio do vírus “foi uma decisão correta, como também o foi apoiar os pais que ficam em casa com os filhos”. A deputada realçou, contudo, que é imperativo “manter estas medidas enquanto for necessário, incluindo o apoio às famílias durante as férias da Páscoa”.

See video

A deputada Beatriz Gomes Dias apresentou as propostas do Bloco para apoiar o setor cultural