Author Bios

Perguntas ao governo

  • A avaliar pelos efeitos que a opção da construção de uma linha circular pode vir a ter na rede do ML, aproveitando grande parte do traçado das linhas amarelas e verde, mas implicando o fecho do anel através de um troço novo entre Largo do Rato e o Cais do Sodré que custará cerca de 225 Milhões de euros (apenas para 1,7kms de nova linha), pode revelar-se um grave erro de planeamento para o desenvolvimento da rede do metropolitano com custos elevadíssimos para o Estado e a autarquia, sem que um tão grande esforço de investimento público pareça minimamente justificado.

  • Na sequência de várias denúncias e de várias notícias tornadas públicas pelas estruturas representativas dos trabalhadores o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda teve oportunidade de questionar, a 25 de maio de 2017, o Ministério do Trabalho e da Segurança Social sobre a reestruturação da EFACEC e a possibilidade de um “despedimento coletivo” encapotado de 409 trabalhadores ao abrigo do estatuto de empresa em reestruturação.

  • O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda recebeu denúncias de alegadas irregularidades praticadas contra os/as trabalhadores/as na empresa Covercar, situada em Canas de Senhorim, no concelho de Nelas. De acordo com estas denúncias, a política de contratação da empresa, que está instalada em Portugal há 10 anos, é a de não respeitar a efetivação do pessoal, contornando a vinculação e o reconhecimento de contratos sem termo, mesmo para necessidades permanentes. Ou seja, a Covercar recorre continuamente a contratos precários, havendo funcionários/as que já foram admitidos e despedidos inúmeras vezes para postos de trabalho semelhantes, o que contraria o disposto na lei.