Author Bios

Perguntas ao governo

  • Em janeiro de 2017 foi denunciada a existência de maus tratos a utentes de um lar em Alijó, distrito de Vila Real, gerido pela Associação de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental. Este lar residencial tinha então 24 utentes, com idades entre os 18 e os 50 anos de idade. A denúncia de maus tratos apresentada por duas ex-funcionárias dá conta de negligência no acompanhamento dos utentes, fraldas que não são mudadas, alimentação e bebida fornecidas em condições deficitárias, utentes deixados sozinhos fechados em salas, utentes andando nus ou seminus pelas instalações, entre outros maus tratos. Estas denúncias foram acompanhadas de fotografias e filmagens.

  • Chegaram ao Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda denúncias de irregularidades verificadas no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Carregal do Sal, designadamente: sobrelotação de utentes que atingem um número superior ao dobro da capacidade do Lar, falta de higiene nos idosos, falta de técnicos de geriatria, falta de limpeza, falta de formação nos/as funcionários/as, equipamentos em más condições e discriminação de idosos à luz do regulamento interno.

  • Foi o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda confrontado com uma denúncia, subscrita por um grupo de motoristas do Algarve, que exercem uma atividade de tipo profissional no transporte de turistas ao serviço de diversos operadores turísticos (agências de viagens e/ou estabelecimentos hoteleiros).