Author Bios

Perguntas ao governo

  • As condições climáticas extremas que se verificaram este ano tiveram impactos severos e diversificados em muitas culturas.  Foi o caso da fileira da Pera Rocha, uma produção muito localizada na região Oeste e que vale cerca de 130 milhões de euros.

    Segundo os produtores, a meteorologia afetou muito a campanha deste ano. Primeiro, o tempo seco prolongou-se até muito tarde; logo a seguir, foi o clima tardia e excessivamente húmido, a proporcionar o aparecimento da praga de estenfiliose; por fim, a produção foi atingida por um golpe de calor que queimou a fruta e fez parar o seu crescimento.

  • Situada na Zona Industrial do Socorro, Fafe, no distrito de Braga, a empresa de confecções Sandrei - Celeste e Jordão, conta com cerca de trinta trabalhadores que estavam há dois meses com salários em atraso.

    No dia 6 de agosto, estas pessoas foram surpreendidas com o encerramento da fábrica: quando se preparavam para iniciar mais uma jornada de trabalho, depararam-se com empresa encerrada, tendo sido impedidos de entrar para recolherem os seu pertences, que acabaram por ser colocados numa caixa na rua. A proprietária não apareceu nem deu quaisquer explicações. Foi-lhes entregue a carta para acesso ao subsídio de desemprego.

  • O Grupo Parlamentar do BE apresentou ao Ministério do Ambiente uma pergunta regimental sobre o sistema de saneamento no município de Montemor-o-Novo. A referida pergunta, que deu entrada no dia 12/04/2018, passados aproximadamente 4 meses e já no final da Sessão Legislativa ainda não obteve a devida resposta, tendo sido amplamente excedido o respetivo prazo regimental para que o Governo se pronuncie. O Grupo Parlamentar do BE volta a enviar ao Ministério do Ambiente o mesmo conjunto de questões que o tempo não fez perder pertinência.