Share |

Falecimento na Urgência do Hospital de Beja

O Bloco de Esquerda teve conhecimento através da comunicação social, do falecimento de um utente na sala de espera da urgência do Hospital de Beja. Alegadamente o falecimento terá acontecido depois mais de três horas e meia de espera para ser atendido.

O Hospital de Beja pertence à Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo e segundo as informações conhecidas o utente estaria sentado numa cadeira de rodas à porta das urgências do hospital de Beja depois de ter estado mais de três horas, entre as 17:30 e as 21:00, na sala de espera com uma pulseira amarela (caso considerado urgente) à espera de ser atendido por um médico.

Perante esta situação é essencial que o Hospital de Beja proceda ao seu esclarecimento. O Bloco de Esquerda defende ainda que perante esta situação seja acionada a intervenção da Inspeção Geral das Atividades em Saúde (IGAS) e que seja disponibilizado o acesso ao relatório resultante.

Atendendo ao exposto, e ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda vem por este meio dirigir ao Governo, através do Ministério da Saúde, as seguintes perguntas:

1. Tem o Governo conhecimento desta situação?

2. Irá a Inspeção Geral das Atividades em Saúde (IGAS) abrir um inquérito ao atendimento prestado ao utente nas urgências do Hospital de Beja?

3. Foram acautelados os reforços dos recursos humanos para responder adequadamente à procura dos serviços daquele hospital?

4. Dispõem o Hospital de Beja de recursos humanos necessários ao seu funcionamento?

 

AnexoTamanho
perg_ms_falecimento_de_utente_nas_urgencias_do_hospital_de_beja.pdf128.43 KB