Share |

Global Media Group

A Global Media Group tem a sua origem na Olivedesportos, empresa fundada em 1984 por Joaquim Oliveira e nas privatizações do Diário de Notícias (DN) e do Jornal de Notícias (JN). No início dos anos 1990, o empresário Luís Silva transformou-se para a área dos media como vencedor das privatizações do DN e do JN. A TSF Rádio Notícias, fundada por um grupo de jornalistas, é o último órgão de comunicação social a juntar-se ao grupo Lusomundo, que adquire a maioria da TSF em 1994.

Com uma história atribulada de mudanças de acionistas e dificuldades financeiras, é atualmente detentora de vários títulos de comunicação social, sendo alguns deles dos mais antigos e prestigiados da imprensa portuguesa, contam-se entre eles: Açoriano oriental, Diário de Notícias, Jornal de Notícias, Dinheiro Vivo, Volta ao Mundo, O Jogo, TSF.

Este mês de junho os seus trabalhadores foram surpreendidos com o facto de os salários não terem sido pagos nas datas habituais, até ao final do mês, situação que aliás é um flagelo que afeta muitas empresas, sem que o estado tenha qualquer atuação.

Não só este facto é grave, como temem que seja um sinal de novas dificuldades económicas da empresa, dado que em situações anteriores estas levaram a despedimentos.

Se este não pagamento de salários é prenuncio de uma nova restruturação da empresa, com o possível encerramento de títulos, assistir-se-á a mais um empobrecimento da imprensa portuguesa e do seu pluralismo.

Atendendo ao exposto, e ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda vem por este meio dirigir ao Governo, através do Ministério da Cultura, as seguintes perguntas:

1.     Tem o Governo conhecimento desta situação?

2.     Que atuações pretende ter, em relação a esta e outras situações similares?

3.     Que medidas prevê tomar para evitar o empobrecimento da imprensa portuguesa e do seu pluralismo?

AnexoTamanho
pergunta_global_media_group_cultura.pdf110.5 KB