Share |

Interrupção da circulação rodoviária na EN 247

Em Novembro de 2017, verificou-se o abatimento de piso na Estrada Nacional 247, na entrada este da localidade de Galamares, logo após a Ponte Redonda, concelho de Sintra. Desde então que o trânsito se faz alternadamente numa só via da faixa de rodagem, estando a ser controlado por semáforos que foram instalados no local.

A EN 247 é o principal eixo rodoviário da região, ligando a Vila de Sintra a Colares, utilizada por quem se dirige a um conjunto de localidades das freguesias de Colares e Sintra, à zona norte/oeste da serra de Sintra e às praias do Concelho. É cruzada diariamente por milhares de pessoas que residem, estudam e trabalham na zona, bem como por turistas e visitantes, pelo que são grandes os transtornos decorrentes das filas de trânsito que se formam no local.

Passados dois meses do ocorrido, verifica-se que a Infraestruturas de Portugal, EP, ainda não deu inicio à reconstrução do muro de suporte que permitirá repor a normalidade na circulação naquela via. Tal situação é incompreensível e geradora de prejuízos, exigindo-se uma intervenção com carácter de urgência.

Atendendo ao exposto, e ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda vem por este meio dirigir ao Governo, através do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, as seguintes perguntas:

1. Para quando o inicio da obra de reparação da EN 247, na entrada Este de Galamares?

2. Quais as razões porque, dois meses depois do ocorrido, as obras ainda não se iniciaram?

AnexoTamanho
Pergunta: Interrupção da circulação rodoviária na EN 247502.31 KB