Share |

Longos períodos de espera na urgência pediátrica do Hospital de Braga

O Hospital de Braga serve, atualmente, uma área direta de 274.769 utentes. Sendo um Hospital Central, abrange, globalmente, uma área de mais de um milhão de habitantes como referência de primeira linha para algumas das especialidades médicas e referência de segunda linha nas restantes. Esta unidade hospitalar possui urgência geral, obstétrica e pediátrica.

No dia 26 de janeiro, domingo, a urgência pediátrica do Hospital registou diversas reclamações de utentes que referiram estar há demasiado tempo à espera de consulta; foram relatados tempos de espera que ascendiam a oito horas. De acordo com informações dos utentes, haveria duas médicas a assegurar o atendimento da urgência.

O Bloco de Esquerda pretende aferir o que se passou no domingo, dia 26 de janeiro, do ponto de vista assistencial, bem como conhecer medidas que possam estar a ser implementadas para garantir que tal não volta a suceder.

Atendendo ao exposto, e ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda vem por este meio dirigir ao Governo, através do Ministra da Saúde, as seguintes perguntas:

1. Tem o Governo conhecimento da situação exposta?

2. O que sucedeu na urgência pediátrica do Hospital de Braga no domingo, dia 26 de janeiro?

3. Quantos utentes se dirigiram à urgência pediátrica neste dia? Qual é a média de atendimento da urgência pediátrica de Braga?

4. Quantos médicos/as e enfermeiros/as estavam a exercer funções na urgência pediátrica do Hospital de Braga no dia 26 de janeiro? Qual a especialidade dos/as médicos/as em serviço?

5. Quantos profissionais são necessários para o normal funcionamento da urgência pediátrica do Hospital de Braga?

6. Que medidas vai o Hospital de Braga implementar para assegurar que tais situações não voltam a ocorrer?
 

AnexoTamanho
perg_longos_periodos_de_espera_na_urgencia_pediatrica_do_hospital_de_braga.pdf110.53 KB