Share |

Recomenda ao governo a construção de uma nova escola básica (2º e 3º ciclo) da trafaria

Construída há mais de 40 anos, em 1973, em pavilhões pré-fabricados, a Escola Básica da Trafaria é, hoje, uma das poucas a manter esse tipo de construção. As instalações são precárias e com coberturas de fibrocimento que contêm amianto. Essas instalações que originalmente seriam provisórias, num contexto de expansão da rede escolar, hoje representam um risco para a saúde e para a segurança de toda a comunidade escolar.

A Escola Básica da Trafaria tem 20 salas, além de outros espaços, e 245 alunos. Tendo em conta as suas condições, muitas famílias optam por colocar os alunos noutras escolas do concelho, nomeadamente em Almada e na Costa da Caparica.

A Escola Básica da Trafaria também se insere numa comunidade em que condições de habitação estão muito degradadas e com problemas sociais, o Bairro do 2º Torrão da Trafaria. Neste contexto, as taxas elevadas de insucesso escolar não podem ser desligadas das condições da Escola e da fragilidade social da comunidade em que se insere. Isto apesar de todo o esforço dos docentes e funcionários.

A situação do edifício da Escola Básica da Trafaria é mais um fator de exclusão daquela população, a acrescentar às deficientes condições de habitação e infraestruturas básicas.

Ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda propõe que a Assembleia da República recomende ao Governo que:

Inicie o processo de planeamento, em vista à construção de uma nova Escola Básica de 2º e 3º ciclos na Trafaria, terminando assim com um fator de exclusão social daquela população.

Assembleia da República, 26 de dezembro de 2019.

As Deputadas e os Deputados do Bloco de Esquerda
 

AnexoTamanho
pjr_eb_2_3_trafaria_vf.pdf180.47 KB