Share |

Relatório da Auditoria ‘Cartografia de Risco’ da IGAI

A março de 2019, foi elaborado um relatório da autoria da Inspeção-Geral da Administração Interna IGAI), designado ‘Cartografia do Risco’. Este relatório resultou de um trabalho de auditoria às Forças e Serviços de Segurança, realizado durante quatro anos, por iniciativa da ex-inspetora geral Margarida Blasco com o objetivo de proceder à identificação dos principais problemas, falhas e necessidades destes serviços e dos seus profissionais.

Segundo diversas notícias da altura este relatório denunciava, entre outras, falhas importantes na formação dos elementos das forças e serviços de segurança, falta de preparação dos polícias em diferentes contextos sociais e ainda deficiente distribuição e falta de efetivos. Continha diversas propostas para melhorar a ação policial sobretudo no que respeita à formação dos agentes da PSP e dos militares da GNR em matéria de direitos humanos, assim como a criação de um grupo de trabalho para realizar um estudo multidisciplinar.

O Bloco de Esquerda afirmou nessa altura a importância de a Assembleia da República ter conhecimento integral e detalhado dessa auditoria considerando que o Governo deveria publicar ou disponibilizar o referido relatório.

De acordo com a comunicação social, 9 meses depois, nenhuma das propostas constantes do relatório foram implementadas e o MAI continua a não disponibilizar nem publicar o relatório da auditoria.

Atendendo ao exposto, e ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda vem por este meio solicitar ao Governo, através do Ministro da Administração Interna, o envio à Assembleia da República:

- Do Relatório relativo à auditoria designada “Cartografia do Risco” da autoria da IGAI.
 

AnexoTamanho
req._mai_-_relatorio_carografia_do_risco.pdf89.93 KB