Share |

"Administrador que levou CTT à ruína ganha mais de 4 salários mínimos por dia"

“A empresa lucra muito menos desde que foi privatizada, mas distribui muito mais aos acionistas”, denunciou Mariana Mortágua, explicando que “os acionistas privados foram às reservas dos CTT e repartiram o saque entre si, isto sem falar dos salários milionários com que os administradores se auto-recompensaram”.