Share |

Ana Drago: "O setor bancário é o único amor confesso do Governo"

"A banca não. Para a banca todas as possibilidades são justas, todos os apoios são necessários e adequados. Veja-se o caso do BANIF. O Estado colocou no BANIF 1100 milhões de euros – ou seja, 3 vezes o que agora abala a maioria, a TSU dos reformados - quando o banco valeria, na melhor das hipóteses, 570 milhões, acusou a deputada Ana Drago. |23-05-2013|