Share |

Hospital Central do Algarve: "Orçamento nada avança para a sua construção"

João Vasconcelos relembrou ao governo que “no ano passado, o Bloco introduziu uma norma, aprovada por unanimidade, onde durante 2019 o governo iniciaria os procedimentos para a construção dos novos hospitais do Algarve, Barcelos e Póvoa do Varzim, mas o governo nada fez, não cumpriu a lei”, denunciando que “o Centro Hospitalar continua a passar por graves carências – falta de investimento, de médicos, de enfermeiros, equipamento obsoleto e que se avaria constantemente, consultas anuladas, listas de espera intermináveis, urgências caóticas, as maternidades de Portimão e de Faro a não conseguir responder a todas as necessidades”.

Face a esta situação, o deputado deixou duas questões ao governo:

- Que medidas pretende o governo tomar para colocar mais profissionais de saúde e parar a degradação e melhorar o SNS no Algarve, e em particular no CHUA?

- Vai o governo este ano começar a concretizar os procedimentos para a construção do novo Hospital Central do Algarve?