Share |

"Nova injeção no Novo Banco prejudica duplamente os contribuintes"

“O Ministro das Finanças deve explicar ao Parlamento e ao país por que é que o Governo inscreveu no orçamento que o Novo Banco teria um impacto nas contas públicas de €600M e, afinal, esse efeito será de €1037M”, afirmou Mariana Mortágua, acrescentando que “ao não ajustar as previsões, o Governo prejudica duplamente os contribuintes: por um lado, pela injeção que virá a ser feita diretamente pelo tesouro no Fundo de Resolução e, por outro, pelas consequências de uma redução adicional de 400 milhões feita às custas de despesas em serviços públicos”.

O Bloco de Esquerda apresentou uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado que previa que qualquer nova injeção no Novo Banco fosse obrigatoriamente apreciada e votada na Assembleia da República. PS e PSD juntaram-se para chumbar a proposta bloquista.