Share |

"O debate resume-se à resposta que damos a quem nos pede ajuda"

Todo o debate se resume à resposta que damos a quem nos diz: “Por favor, ajudem-me”. E que mão lhe queremos dar, se a que lhe impõe a nossa vontade, ou a que lhe respeita o desejo mais fundamental. Hoje, a nossa resposta deve ser com a humanidade, a compaixão e o respeito por quem nos diz: “deixem-me partir”.

Intervenção de encerramento de Pedro Filipe Soares no debate sobre a despenalização da morte assistida.