Share |

"Orçamento para a saúde podia e deveria ser melhor"

No segundo dia do debate do #OE2020, Moisés Ferreira explicou que “o aumento de verbas que permitirá combater a suborçamentação é importante, o Bloco sempre o defendeu, mas isso não significa só por si mais investimento no SNS”.

“É incompreensível que o Orçamento subsequente à aprovação da Lei de Bases da Saúde não tenha um artigo sobre Plano Plurianual de Investimentos, sobre taxas moderadoras, sobre exclusividade dos profissionais ou sobre a concretização, em 2020, do Plano Nacional de Saúde Mental”, acrescentou.

Da proposta de orçamento do governo não consta nada disto. Constará agora, depois do acordo estabelecido com o Bloco.