Share |

"Uma república das bananas é que faz contratos à medida dos interesses económicos"

A propósito do recuo do PS no corte das rendas às elétricas, Catarina Martins considerou inaceitável que se diga que num estado de direito se pode alterar contratos com quem trabalha, mas que não pode alterar contratos em nome das empresas que mais recursos têm retirado à nossa economia.