Share |

35 famílias, 40 crianças em Setúbal sem eletricidade há 22 dias

Na Vila Maria, em Setúbal, cerca de 35 famílias com 40 crianças estão sem eletricidade há 22 noites consecutivas. Trata-se de uma população extremamente carenciada, na sua maioria desempregada ou precária, a quem a luz foi cortada por viverem em casas de origem clandestina.

Apesar da vontade destas famílias de pagarem os seus consumos, a EDP e a Águas do Sado recusam-se a fazer contratos nestas condições. Desta forma, dezenas de famílias sem possibilidades económicas para arrendar uma casa são agora obrigadas a viver no escuro, numa insegurança ainda maior, sem eletricidade para conservar os alimentos, para se aquecerem ou para que as crianças possam fazer os deveres da escola.

A situação já veio a público, quer através dos meios de comunicação social quer num comunicado feito pelo Padre Constantino Alves (http://basefut.blogspot.pt/), mas as entidades envolvidas, nomeadamente a Câmara Municipal e a Segurança Social tardam em encontrar uma solução imediata para o drama destas famílias. Entretanto, dezenas de adultos e crianças vivem sem as mínimas condições.

Atendendo ao exposto, e ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda vem por este meio dirigir ao Governo, através do Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, as seguintes perguntas:

1. Tem o MSESS conhecimento desta situação?

2. Que medidas irá o Ministério tomar para garantir uma solução definitiva para melhorar a situação dramática em que vivem estas famílias?

AnexoTamanho
Pergunta: 35 famílias, 40 crianças em Setúbal sem eletricidade há 22 dias246.52 KB