See video

“O retorno ao trabalho tem que ser feito com condições de segurança e higiene adequadas, que têm que ser garantidas pelas próprias empresas”, afirmou a deputada, acrescentando que “precisamos também de repensar a organização dos transportes públicos, de forma a garantir a mobilidade em segurança”.

See video

O deputado Ricardo Vicente alertou para a urgência de o governo “ser consequente e alterar as linhas de ação, de forma a garantir as metas previstas para o controlo dos incêndios em Portugal”, relembrando que “o plano já leva dois anos de atraso e o Observatório Técnico do Parlamento já produziu recomendações, que são ignoradas pelo Governo”.

See video

“A conjugação da precariedade laboral e da inexistência de um regime de trabalho e proteção social para os profissionais da Cultura aumentou a calamidade causada pela suspensão de todas as atividades”, explicou a deputada, afirmando que as medidas implementadas pelo governo “foram insuficientes”.

See video

“A urgência de contratação de Intérpretes de Língua Gestual Portuguesa para o Serviço Nacional de Saúde era para muito antes de ontem. Foi mesmo aprovada no Orçamento de 2019. No entanto, não foi concretizada com a determinação que os direitos das pessoas surdas exigem e que a pandemia de covid19 tornou ainda mais imperativa”

See video

Maria Manuel Rola apresentou o projeto do Bloco para o reforço do apoio ao IHRU, começando por alertar que “não há nenhuma entidade estatal para fiscalizar as ilegalidades nos despejos e o cumprimento da lei na habitação”, acrescentando que “não basta ter um Banco da reabilitação que gere algumas casas, tem de haver quem garanta a proteção das pessoas e o cumprimento da lei”.

See video

Na sua intervenção sobre os relatórios do Estado de Emergência, Pedro Filipe Soares começou por explicar que “quando colocamos a razão e a Ciência em cima da mesa para defender o nosso povo, fazemos bem”, acrescentando que “a extrema-direita que luta contra a razão e a Ciência saiu envergonhada, enganaram o povo e colocaram vidas em risco”.

See video

Se o Governo quer “incluir alguma decência neste negócio”, o mínimo a fazer é pedir ao PS para aprovar as propostas do Bloco que proíbem bónus futuros aos gestores e obrigam o Parlamento a decidir sobre qualquer injeção, defendeu Catarina Martins.

See video

A deputada Beatriz Dias chamtou à atenção de que “se não forem tomadas medidas urgentes, substantivas e estruturantes, o setor cultural português poderá sofrer danos irreparáveis".

See video

Mariana Mortágua voltou a pedir esclarecimentos a Mário Centeno sobre a injeção no Novo Banco antes de serem conhecidos os resultados da auditoria, compromisso assumido publicamente pelo primeiro-ministro António Costa.

See video

“O que precisamos agora é de saber a estratégia de médio e longo prazo do governo para a recuperação económica”, acrescentando que “é preciso estender os apoios sociais e os apoios às microempresas”.

See video

“O Bloco de Esquerda tem vindo a alertar, há muito tempo, para o crescente número de profissões e trabalhadores que, por várias razões, têm encetado lutas e lançado alertas para as condições em que se trabalha em Portugal”, lembrou a deputada, explicando que “no caso dos tripulantes de cabine, é necessário que se reconheçam as condições adversas e, em algumas situações, extremas em que estas pessoas têm que trabalhar”.