Share |

Poluição ambiental decorrente da operação do navio Holstein Express

Conforme noticiado na comunicação social espanhola, o navio Holstein Express sofreu um derrame de combustível no porto de Ceuta, colocando em risco habitats protegidos. Este navio efetua regularmente viagens de transporte de animais vivos entre Portugal e Israel, encontrando-se, no momento do derrame, a abastecer combustível com o objetivo de rumar ao porto de Sines. De acordo com o que foi veiculado pela imprensa espanhola, este navio terá derramado cinco toneladas de combustível.

Este navio, para além de ter sido alvo de várias denúncias de maus tratos a animais, sofreu já, pelo menos, três avarias mecânicas, tendo as duas últimas avarias ocorrido em outubro e novembro de 2019.

Atendendo ao exposto, e ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda vem por este meio dirigir ao Governo, através do Ministro do Mar, as seguintes perguntas:

1. Tem o Ministério do Mar conhecimento desta situação?
2. Que medidas vai este Ministério tomar para garantir que não existem derrames de combustível em Portugal à semelhança do sucedido no dia 10 de janeiro de 2020 em Ceuta?
3. Tem o Ministério do Mar acompanhado as emissões, poluição e medidas de mitigação através de auditorias ambientais, nomeadamente através da IGAMAOT?
3.1. Se sim, quais têm sido os resultados?
 

AnexoTamanho
pg_navio_holstein_express.pdf109.65 KB