Share |

“A escolha não pode ser entre pagar a creche ou pôr comida na mesa”

"Por não haver uma rede universal e pública de creches integradas no sistema educativo, há poucas vagas e mensalidades muito caras, sendo às vezes uma mensalidade mais cara que o valor mensal das propinas numa universidade”, explicou Joana R. Mortágua.

“As famílias estão reféns desta falta de vagas. Quando se deparam com uma quebra de rendimentos repentina ficam entre a espada e a parede: não têm como pagar a mensalidade mas não podem perder a vaga na creche”, alertou a deputada.