Share |

“Conta bancária de meia dúzia não pode ser mais importante que a vida de milhares de pessoas”

No debate sobre a proibição da distribuição de dividendos pelas grandes empresas e setor financeiro, o deputado Moisés Ferreira lembrou que “nas últimas semanas muitos trabalhadores perderam rendimentos e os seus empregos, enquanto existem empresas a proceder à distribuição de dividendos milionários entre os acionistas”.

O deputado bloquista referiu também que “no meio de tudo isto há quem insista em viver acima das possibilidades do país”, referindo-se ao exemplo da EDP que distribui 700 milhões de euros e da Galp que distribuiu 300 milhões de euros, mesmo depois de ter despedido trabalhadores precários.