Share |

“Crianças não podem ser vítimas esquecidas da violência doméstica”

O Bloco de Esquerda apresentou na legislatura passada uma iniciativa para a consagração efetiva das crianças enquanto vítimas de violência doméstica. Essa proposta foi rejeitada.

A deputada Sandra Cunha apresentou esta quarta-feira uma nova iniciativa do Bloco para a criação de um novo tipo legal de crime de exposição do menor a violência doméstica.

“Acreditamos que existe consenso na sociedade e até neste parlamento sobre as consequências devastadoras que a violência tem no bem-estar e desenvolvimento das crianças. Apresentamos esta iniciativa para que não mais haja vítimas esquecidas da violência doméstica”, afirmou a deputada.