Share |

"Desconfinamento não pode acentuar desigualdades sociais"

Isabel Pires interveio esta quarta-feira sobre evolução da pandemia na Área Metropolitana de Lisboa, alertando para o fato de “9 em cada 10 novos casos são na Grande Lisboa, resultado da retoma da normalidade na atividade industrial e na sobrelotação nos transportes”.

“O retorno ao trabalho tem que ser feito com condições de segurança e higiene adequadas, que têm que ser garantidas pelas próprias empresas”, afirmou a deputada, acrescentando que “precisamos também de repensar a organização dos transportes públicos, de forma a garantir a mobilidade em segurança”.

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda deu entrada de um projeto de resolução com medidas para garantir que a população tem acesso aos transportes públicos em segurança, propondo também que toda a capacidade existente seja colocada nas linhas mais sobrelotadas, como Azambuja e Sintra e que o governo e as autoridades de saúde articulem opções rodoviárias complementares nos mesmos percursos, de forma a garantir que não há sobrelotação.

“Esta fase de desconfinamento não pode servir para acentuar desigualdades sociais e más condições laborais. Pelo contrário, é preciso não deixar ninguém para trás”.